Los del Slovan Bratislava -pletóricos de moral- dicen que no van a Braga precisamente "a pasear"...

Rabiu
Hará bien el Sporting de Braga en no confiarse este jueves, desde las 17:55 horas, en su partido de la fase de grupos de la Europa League, ante el Slovan Bratislava. El cuadro eslovaco ya ha demostrado de lo que es capaz en esta temporada y todo hace indicar que sus jugadores llegan pletóricos de moral a la cita en el estadio de A Pedreira. 
Tanto que no hay más que analizar las declaraciones de uno de sus jugadores, el nigeriano Rabiu, para comprender que el Slovan tiene muy analizado al Braga y sus puntos débiles... Hoy, A Bola se hace eco de esas manifestaciones que conviene subrayar.

Com formação nos juniores do Sporting, Ibrahim Rabiu, internacional nigeriano do Slovan Bratislava, conhece bem a realidade do futebol português, tendo lançado o jogo desta quinta-feira com o SC Braga. O médio recomenda à sua equipa muita atenção aos «espaços concedidos ao SC Braga nos corredores». «Os cruzamentos são uma característica típica dos clubes portugueses, por isso, devemos eliminar esse ponto forte», explicou Ibrahim Rabiu. Com três pontos no Grupo K, o Slovan Bratislava não «vai a Braga para passear», avisou. «Entraremos em todas as partidas para as vencer. Se não tivéssemos esse desejo, mais valia não entrar em campo. Estamos cientes do poder do SC Braga, mas temos de nos concentrar no nosso desempenho, seguir as instruções do treinador e explorar os nossos pontos fortes», resumiu o nigeriano.