Recadito del profesor Neca a Ricardo Sá Pinto : "...aquela equipa do Braga tem jogadores para fazer muito mais"

Ricardo Sá Pinto anda últimamente algo desenfocado en sus declaraciones, especialmente tras fracasos de su equipo, buscando siempre algún argumento o culpabilidad en el prójimo, en lugar que revisar los propios errores y hacer autocrítica. 
Tras el fracaso del estadio do Bessa, Sá Pinto echó culpa al "autocarro" defensivo del cuadro local... en vez de reconocer que cada vez que un rival enfrenta al Braga con el "autocarro" como sistema, el técnico de los arsenalistas se las ve y se las desea para sacar ese partido adelante...
Ahora, a Sá Pinto, echar la culpa de la última derrota al "autocarro" del Boavista, le ha significado todo un recadito del professor Neca, entrenador adjunto del cuadro portuense.

Resposta do professor Neca a Ricardo Sá Pinto, treinador do SC Braga que acusou o Boavista de ter estacionado o ‘autocarro’ diante da baliza no encontro entre as duas equipas, na última jornada da Liga, que os axadrezados venceram por 2-0.
«Se o Boavista pudesse ter metade do orçamento do SC Braga estaria já perto do 'Boavistão'», disse, recorrendo à expressão que colou após a conquista do título, em 2000/01, atirando depois um conselho da Sá Pinto: «tem muito que fazer a olhar para a casa dele, porque aquela equipa do Braga tem jogadores para fazer muito mais.»
«É possível com pouco, em termos de orçamento, fazer muito. Há aqui uma otimização enorme de recursos humanos que o Boavista tem à sua disposição. Os nossos jogadores estão bem potenciados em todos os domínios», prosseguiu o professor Neca, destacando o desempenho da equipa, a única ainda sem derrotas na Liga esta temporada: «em termos de organização e estratégicos, não existe equipa em Portugal mais bem trabalhada do que o Boavista, o que se deve à capacidade e à inteligência dos seus jogadores e ao trabalho que é feito diariamente.»

El profesor Neca